21 de abril de 2012

Pois eu não quero nem saber!

Pois eu não quero nem saber! E nem me venha com estórinhas sem pé e nem cabeça que aí que eu não quero saber mesmo!
Quem disse isto?
Quem inventou esta expressão sem nexo ou anexo?
Sei lá quem foi?
Ouvi dizer e aprendi, ou achei interessante!
Pois eu não quero saber mesmo:
Nem de meia conversa
Nem de meia estória
Nem de estória furada porque hoje estou fumaçando
Alguém já ouviu isto?
Que horror, parece um tufão.
Mas, dando prosseguimento ao dialogo sem eira e nem beira, medi o vocabulário de ponta a ponta e deduzi que era medíocre demais.
Alias, dizem que: eu disse dizem, não fui eu que disse, vou logo adiantando: “que mediocridade é moda”.
Penso nisto todo dia: será?
Será mesmo? Eu não acredito nisso, é o povo que diz! Eu não dou opinião nenhuma e vou repetir o que aprendi não sei onde
Eu não quero nem saber!
Lembro que completaram a expressão bem assim: Não tô nem ai!
Eu não vou repetir uma coisa dessas, não sou papagaio pra repetir o que os outros dizem!
Mas se vale pra desabafar, então eu digo:
Eu não quero nem saber! Pode o mundo virar de cabeça pra baixo e ninguém vai me tirar no sério.
Isto eu ouvi também.
E pra resumir toda esta estória sem começo e sem fim eu vou dizer:
É cada uma!
Quer saber?
Fui eu mesma, quando me cobraram uma fatura duas vezes! Mas que aprendi em algum lugar, não tenho dúvida, embora não sendo papagaio, repeti as mesmas coisas.

Um comentário:

  1. Olá!!! Obrigado por ter seguido meu blog e eu estou aqui para conhecer o seu. Já estou te seguindo e quando você puder, participe da "Agenda dos Blogs" e divulgue o seu Blog.
    Acesse: http://agendadosblogs.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita ao blog da Chica Chata!