6 de janeiro de 2014

Bicho embaixo da cama

Imaginem se as crianças de hoje se preocupam com essas palhaçadas. Pelo menos as que eu conheço não largam do computador ou do celular, com muita insistência é que vão dormir, porque se pudessem ficariam jogando a noite inteira.
Bom, mas isso é hoje e quando eu era criança nem sabia o que era um notebook e vamos ao que interessa, isto é, fazer meu irmão parar de me chamar de santinha do pau oco ou de Maria adivinhona.
Pois bem o grande dia chegou. 
Esperei todo mundo dormir inclusive meu irmão que deitado em sua cama roncava que assobiava. 
Pelas minhas contas deveria está no terceiro sono. Peguei uma lata de óleo vazia e me enfiei debaixo da cama do meu irmão.
E o meu teatro era bem assim:
Buuuuuuuuuuuuuuuuuuuu! Jogue na vaca! Buuuuuuuuuuuuuuuuuu! Eu sou a alma da santinha do pau oco e vim agradecer pela vela! Buuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!
Nisso o meu irmão acordou desesperado, cobriu-se de cabeça e tudo e abriu a goela a chorar e gritar por mamãe.
Mamãeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee, acenda a luz pelo amor de Deus, tem um bicho debaixo da minha cama, socorroooooooooooooooooooooo! Alguém me acuda! 
E depressa saí me arrastando devagar para a minha cama e coberta dos pés à cabeça fingia que dormia enquanto meu pai com um pedaço de pau na mão e minha mãe acudiam meu irmão que estava aos berros dizendo que uma alma estava debaixo da sua cama e enquanto meu pai acudia meu irmão com um copo de açúcar a minha mãe foi ver no meu quarto se eu estava dormindo e claro eu dormia e roncava me segurando para não dar boas gargalhadas.
E meu irmão gritava feito um louco, não sei como tive coragem pra fazer uma armação dessa natureza sabendo que ele tinha verdadeiro pavor de alma penada.
Levantei, esfregando os olhos, querendo saber o que estava acontecendo, aliás todo mundo da casa acordou pra ver meu irmão todo michado na cama, pedindo um copo de garapa com açúcar e eu bem que avisei e completei a cena dizendo que a alma também passou pela minha cama puxou meu lençol, jogou no chão e saiu voando de telhado acima.
Mas meu irmão teimava em dizer que a alma não voava que ela se arrastava pelo chão, só sei que todo mundo se abaixou pra ver que embaixo da cama não existia nada e minha mãe tentava acalmar o pirralho dizendo que foi um pesadelo.

Essa história durou mais de uma semana lá em casa só sei que nunca mais ninguém me chamou de adivinhona, nem de santinha do pau oco e quando cresci contei a história todinha.

3 comentários:

  1. `⋎´✫¸.•°*”˜˜”*°•✫
    ..✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫
    ☻/ღ˚ •。* ˚ ˚✰˚ ˛★* 。 ღ˛° 。* °♥ ˚ • ★ *˚ .ღ 。
    /▌*˛˚ღ •˚ ✰* ★¸.•°*”˜˜”*°•✫
    / \ ˚. ★ *˛ ˚* ✰。˚ ˚ღ。* ˛˚ 。✰˚* ˚ ★ღ ˚ 。✰ •* ˚ ”
    …….✬██████___██████✬▒▒▒▒▒✬
    ….✬████████✬████████✬▒▒▒▒▒✬¸
    …✬██████████████████✬▒▒▒▒▒✬
    ..✬███████████████████✬▒▒▒▒▒✬
    ….✬█████████████████✬▒▒▒▒▒✬
    ….._✬███████████████✬▒▒▒▒▒✬✫ …..___✬████████████✬▒▒▒▒▒✬✫¸.•°*”˜˜”*°•✫
    ……._____✬███████✬▒▒▒▒▒✬✫¸.•°*”˜˜”*°•✫
    …….._______✬███✬___✬▒✬✫¸.•°*”˜˜”*°•✫...B. E. S. O. S.

    ResponderExcluir
  2. Oi Maria de Lourdes, primeiramente quero agradecer a visita em meu blog, seja bem vinda !
    Vim conhecer seu cantinho e adorei, e me deparei com essa história, menina que sacanagem hem kkkkkkkk vc sabe que eu tenho problema com esse negócio de bicho em baixo da cama até hoje né, pois quando eu era pequena, como minha mãe vivia me passando esses medos, se eu fazia alguma arte alguma coisa que a incomodava, ela ia logo dizendo que o bicho que estava em baixo da minha cama iria me pegar e me puxar pelos pés , isso me afetou de uma forma que eu tenho cisma até hoje, vou lhe dar us exemplos kkkk ao eu dormir, meus pés não podem ficar um pedacinho fora da cama que eu sinto arrepios, me dá impressão de algo vai me puxar ou algo parecido, e outra coisa pode estar o calor que for, eu tenho que cobrir meus pés pois tenho a sensação de que algo vai me puxar, meu marido as vezes até brinca comigo quando eu vou dormir kkkk
    Um grande beijo !
    http://patriciastivalle.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita ao blog da Chica Chata!