30 de maio de 2014

Pedra do Urubu

Pedra do Urubu

Se existia algo nessa vida que eu tinha muita raiva e nojo era de urubus. Acredito que todo mundo conhece ou já ouviu falar em urubu. E não era com bons olhos que o urubu olhava pra minha pessoa. Ficava desconfiado quando me via porque talvez seu instinto lhe avisava
Lá vem pedra! 
E voava, deixando aquele seu cheiro horroroso. É claro que os urubus também não andavam passeando pela cidade, porque na cidade não existia o que eles queriam claro, mas de vez em quando eu os via na cumeeira da casa e isso me deixava irritada. E nos dias que chovia, aqui e ali via-se uma fileira de urubus por cima das casas com as asas abertas.
Nos céus eles faziam o seu círculo, com suas asas enormes e eu me perguntava porque Deus criou um sujeito tão feio.
Ouvia muito falar que nos arredores da cidade havia uma pedra chamada de Pedra do Urubu e não entendia porque com tantos nomes para se colocar em uma pedra colocaram justamente o nome de Pedra do Urubu.
Até que um dia, na escola, um certo dia havia um trabalho sobre a Pedra do Urubu e tínhamos que sair em excursão para visitar a Pedra e conhecer a sua história.
Deus me livre e guarde que lá eu não vou! Mas fui assim mesmo! Desde o dia que vi uma guerra de urubus por um pedaço de carne que comecei a sentir verdadeiro pavor quando via um. E na minha mente cheia de fantasias aparecia um urubu rei voando pelos ares carregando pessoas. Coisas da minha imaginação que era a mil por hora. Dentro de um segundo eu criava uma história detalhada com começo, meio e fim.
E fomos pra Pedra do Urubu e lá aprendi que tinha esse nome, porque era a morada de todos os urubus da cidade
E que o Urubu, mesmo sendo tão feio era um dos maiores aliados da Natureza e cumpria o seu papel com maestria sendo o faxineiro do meio ambiente. Entendi que o Urubu era mais importante do que eu imaginava.
Agora eu olhava para o Urubu com respeito e até lhe disse um dia: “quem diria hem? É mais mais importante que as galinhas? E só não te abraço por dois motivos:
Primeiro porque foges, segundo porque teu cheiro só Deus para ter misericórdia.
Bom mas voltemos pra Pedra do Urubu, naquele lugar existiam muitas e muitas pedras, era lindo de se ver. As crianças da cidade gostavam muito de brincar nessas pedras, imitando os personagens do cinema como o Zorro, com suas espadas de madeira, e os índios munidos de arco e flecha. O que eles viam na tela do cinema, representavam lá em cima dessas pedras.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita ao blog da Chica Chata!